Sapo.pt 4 – Teste com utilizadores

Objectivo:

– Localizar vários serviços do Portal Sapo, entre eles: informação sobre o programa “Magazine Mulher” do canal televisivo SIC Mulher (objectivo 1); a “História da vinha e do vinho” na secção de “Vinhos” (objectivo 2); notícias locais relacionadas com o concelho da Madalena na ilha do Pico (objectivo 3) e, por último, a secção de “Nutrição” (objectivo 4).

Metodologia:

Foi utilizada a metodologia “Field Observation”, a mais utilizada pela eficácia do seu teste e facilidade na realização do mesmo na análise da usabilidade de sistemas interactivos. Esta metodologia tem como característica principal o facto de o utilizador ser observado a interagir com o sistema num ambiente natural, sendo que a pessoa submetida a observação interage com o sistema em cada tarefa que lhe é proposta à vontade, sem intervenção do observador. O inquirido tem, portanto, plena consciência de que está a ser observado e que os seus passos estão a ser registados para posterior avaliação.

Neste teste, recorreu-se a dois indivíduos com idades compreendidas entre os 20 e 22 anos, que tinham experiência de navegação na Internet. Foi-lhes, assim, pedido que testassem a facilidade de acesso na página web que lhes foi dada (o Portal Sapo) aos serviços referidos no tópico “Objectivos”.

Métrica:

A métrica usada neste trabalho foi:

1 – Número de cliques que cada utilizador deu até atingir o objectivo final;

2 – Quantidade de vezes que o utilizador errou; Nota: por cada 5 cliques desviados do objectivo final que o utilizador der é considerado um erro e o utilizador é colocado no passo que tentava encontrar, sendo-lhe pedido que continue a pesquisa a partir desse ponto.

3 – Tempo médio que o utilizador demorou a atingir o objectivo.

Técnicas de registo:

A técnica de monitorização (observação e registo) utilizada foi a análise de protocolo (registo de acções do utilizador), completada por uma tabela auxiliar de registo, onde foram anotadas as acções do utilizador (número de cliques, de erros e tempo médio).

Objectivo 1:

Home -> Vida e Lazer (Mulher) -> SIC Mulher -> Magazine Mulher

Objectivo 1

Passo (1) Passo (2) Passo (3)
Utilizador 1  
Cliques 2 1 1
Erros        
Tempo Médio 2m53s
Utilizador 2  
Cliques 2 1 1
Erros        
Tempo Médio 0m47s

Notas:

– Embora o utilizador 1 não tenha errado nenhuma vez e tenha alcançado o objectivo pretendido apenas com 3 cliques, ao observar o tempo médio da acção podemos perceber que este se sentiu perdido na elevada quantidade de menus e informação fornecida na página inicial do portal, tendo andado à procura da opção correcta para chegar ao destino pretendido.

– Ambos os utilizadores, ao ser-lhes dada a indicação de que o “Magazine Mulher” seria um programa do canal SIC Mulher, escolheram automaticamente o serviço “Televisão” indicado num dos menus do centro da homepage. Porém, ambos utilizaram o botão “Voltar” do browser para recuar à página inicial, tendo depois escolhido a opção “Mulher” no menu lateral “Vida e Lazer”. No entanto, o utilizador 1 perdeu muito tempo no serviço “Televisão” e, por isso, demorou quase 3 minutos a efectuar a operação proposta.

Objectivo 2:

Home -> Vida e Lazer (Restaurantes) -> Vinhos -> História da Vinha e do Vinho

Objectivo 2

Passo (1) Passo (2) Passo (3)
Utilizador 1  
Cliques 1 1 1
Erros      
Tempo Médio 1m10s
Utilizador 2  
Cliques 2 1 1
Erros      
Tempo Médio 0m55s

Notas:

– Mais uma vez, os utilizadores mostraram-se confusos e perdidos na imensa informação fornecida na página inicial do portal em análise.

– O utilizador 1 demorou quase 1 minuto a perceber onde estava a secção de “Vinhos”, tendo, depois, optado pelo serviço correcto, ou seja, “Restaurantes” no menu “Vida e Lazer”.

– Quanto ao utilizador 2, este começou por escolher a secção “Cultura” (menu lateral “Vida e Lazer”), tendo, depois, utilizado o clique sobre o logótipo do site para voltar à página inicial, onde seguiu o caminho correcto para alcançar o objectivo final pretendido.

Objectivo 3:

Home -> Notícias (Local) -> Açores -> Madalena (Ilha do Pico)

Objectivo 3

Passo (1) Passo (2) Passo (3)
Utilizador 1  
Cliques 3 1
Erros      
Tempo Médio 0m50s
Utilizador 2  
Cliques 1 1
Erros      
Tempo Médio 0m35s

Notas:

– Nesta operação, o utilizador 1 precisou de 3 cliques no primeiro passo, pois optou por, numa primeira fase, escolher a opção “Mais notícias” no sub-menu do menu “Notícias” ao centro da página inicial. Porém, utilizou, depois, o botão “Back” do browser para voltar à página inicial, onde, no menu “Notícias” lateral, escolheu a opção correcta.

– É importante realçar o facto de nenhum dos utilizadores ter necessitado de passar pelo mapa português fornecido pelo sistema, visto o sistema reconhecer que no computador utilizado já tinha sido escolhida a opção “Açores” e “Madalena” (ilha do Pico). Assim, o sistema assume as notícias locais da primeira escolha, sendo necessário alterar a opção para consultar as notícias de outras zonas do país. Isto pode dar origem a alguma confusão por parte do utilizador, visto as opções não serem consistentes. O utilizador pode, assim, sentir-se frustrado e perdido quando procura as notícias referentes a uma determinada região.  

Objectivo 4:

Home -> Directório -> Saúde -> Nutrição

Objectivo 4

Passo (1) Passo (2) Passo (3)
Utilizador 1  
Cliques 1 1
Erros      
Tempo Médio 0m30s
Utilizador 2  
Cliques 1 1
Erros      
Tempo Médio 0m20s

Notas:

– Nesta acção, ambos os utilizadores optaram por escolher a secção “Saúde” no menu lateral “Vida e Lazer”, acabando por chegar ao objectivo pretendido apenas com dois cliques.

– No entanto, é necessário notar que no menu do cimo da página (o menu da pesquisa), a opção “Directório” fornece igualmente o serviço “Saúde” e, consequentemente, o de “Nutrição”. Assim, considero que este seja o caminho mais curto, pois o menu da pesquisa é o primeiro a ser visto pelo utilizador quanto acede ao portal, fazendo com que este não tenha que utilizar o scroll para ter acesso ao menu lateral “Vida e Lazer”. Porém, esta acção foi bem executada por ambos os utilizadores, embora estes tenham enveredado por caminhos minimamente diferentes dos pretendidos.

Conclusões:

Após esta análise mais aprofundada do Portal Sapo e em que se recorreu a utilizadores para testar o mesmo, posso concluir, em primeiro lugar, que algumas questões levantadas na analise heurística se comprovaram, tendo, por outro lado, sido levantadas novas questões que, na altura do artigo já citado, não tinham sido consideradas relevantes.

Assim, é importante focar o facto de não serem dadas muitas “affordances” (pistas) ao utilizador tendo em conta o conteúdo de cada secção. É, pois, necessário ter em conta a importância de “affordances” num sistema que suporta e que oferece tantas informações e tão diferentes ao utilizador.

Para além disso, o excesso de menus na página inicial e o consequente excesso de informação, embora tenha como objectivo dar um maior controlo e liberdade ao utilizador, acabam por confundi-lo ainda mais, sendo, por isso, necessário, organizar a informação na página inicial, reduzindo, eventualmente, o número de menus e retirando as opções redundantes. No Portal Sapo é dada a possibilidade ao utilizador de alcançar o objectivo final tomando diferentes caminhos. No entanto, isto acaba por desorientar o utilizador. Por outro lado, gostava de focar a necessidade de, em conformidade com a diminuição de menus na página inicial, ser preciso a inserção de sub-menus nas páginas adjacentes aos menus principais. Todos estes aspectos levariam a uma maior prevenção de erros por parte do sistema e ajudariam o utilizador a encontrar a informação que necessita.

Como já havia sido focado no artigo onde foi apresentada a análise heurística do portal, o utilizador para voltar à página inicial (ou porque está perdido ou porque necessita de aceder a outro serviço que não o da página onde se encontra) tem que recorrer ao botão “back” do próprio browser. Embora o sistema dê a opção de voltar à página principal ao clicar no logótipo do site (no cimo da página), esta “affordance” não é suficiente visto nem todos os utilizadores associarem o logótipo à página inicial.

Em suma, penso que é óbvia a necessidade de melhorar o sistema em termos de organização de informação e de “affordances”, visto o utilizador não conseguir facilmente aceder aos conteúdos que necessita por reconhecimento, mas sim por lembrança.

Advertisements
Posted in EAM. 1 Comment »

One Response to “Sapo.pt 4 – Teste com utilizadores”

  1. Bruno Giesteira Says:

    Muito bem Filipa,

    em simultâneo com a análise heurística, estaríamos agora em condições para proceder a alterações no Design do produto/protótipo de uma forma consequente.

    Bom trabalho!
    Bruno Giesteira


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: